Categoria: Futsal

Comissão Disciplinar estipula prazo para equipes da Série ”A” regularizarem pendencias

A Comissão Disciplinar, recebeu dos diretores, documentos com pendencias das equipes, envolvidas na disputa do Campeonato Santista Série ”A”. A Comissão prolongou o prazo até 16/11, para as equipes envolvidas comparecerem a sede da Lidesan ou entrar em contato com o Diretor Fabio Lucas, para estar acertando as pendencias existentes com a Lidesan.

As equipes que precisam colocar suas pendencias em dia são : A.R. Metropolitano, Cruzeiro MSB e E.C. Nova União

Caso as equipes, não resolvam suas pendencias até a data estipulada, serão eliminadas da competição.

Escolinha de futsal da Lidesan será inaugurada na segunda semana de novembro

A Lidesan definiu que a a abertura da Escolinha da Lidesan será no dia 22 de novembro de 2017, na quadra do Botafogo do BNH. A partir do dia 6 de novembro até 10 de novembro haverá um diretor da Lidesan de plantão na quadra para fazer as inscrições dos alunos, as inscrições serão limitas a 20 alunos por horário, sendo que das 18h30 as 19h30, será destinados as categorias sub13 e sub14, das 19h30 as 20h30, as crianças do sub7 ao sub9 e das 20h30 as 21h30, será a vez das crianças do sub10 ao sub12. É claro que se a demanda for muito grande nós estaremos alterando os horários para poder atender o maior número de alunos

A proposta da Lidesan é de que a Escolinha seja totalmente gratuita com oferecimento de material para as aulas, como bola, cone, pratinho, coletes e demais materiais necessários, além disso será ofertado a todos um kit com camisa, calção e meião, tudo no seu devido tempo. Para manter a escolinha inicialmente a Lidesan está atras de padrinhos para que possam arcar com essas despesas e até o presente momento 20 padrinhos já se prontificaram em colaborar com o projeto, claro que esse número ainda não é suficiente, mas a diretoria da Lidesan está correndo atras de patrocinadores.

As aulas serão ministradas pelos Professores Maurício dos Santos Alves, Severino Patrício dos Santos Silva (Severo) e o estudante do quarto ano de Educação Física, Evandro Peres de Menezes Barros. O professor Maurício tem um curriculum invejável é formado desde 2007 e desde 2011 vem atuando a frente do G.E. Aymoré de Cubatão, equipe que revelou grandes jogadores de futsal e vem sempre chegando nas finais das competições em que participa, inclusive com vários títulos. O Professor Severo é formado desde 2006 e teve passagem por várias equipes e atualmente estava afastado, mas vinha atuando no quadro de arbitragem da Lidesan e resolveu retornar a administrar aulas após conhecer o projeto da Lidesan. O jovem Evandro é um salonista nato, vem a frente de várias equipes de futsal e futebol e por onde passou fez grandes amigos e vem com vontade de aprender como os professores e colocar em prática o que aprendeu na Universidade (FEFIS).

A expectativa é muito grande por parte dos envolvidos e poderão haver mais unidades para 2018.

Vila Santista goleia com hat-trick de Flávio Alves

Antes do início da partida, houve um minuto de silêncio em homenagem a Isabel de Souza Gomes de Melo, sobrinha de Mário Sergio. “Infelizmente minha sobrinha faleceu com apenas dois dias de vida. Eu só tenho que agradecer a diretoria do Vila e por tudo que eles vêm fazendo por mim e pela solidariedade com a minha sobrinha, que hoje é uma estrelinha que brilha no céu”, agradeceu Mário Sergio. Em entrevista ao Repórter Igor Melo, do Passou Por Dois.
O início da partida, mostrava que o Vila iria buscar o ataque durante toda a partida, com apenas três minutos, o Vila já havia finalizado três vezes e com seis minutos, Flávio Alves chutou de fora da área e fez 1 a 0 para o Vila Santista. Depois, o Nova União respondeu com uma bomba de Diogo Padron do meio da quadra que levou perigo.
Pedrinho tentando desarmar Gabrielzão que quase marcou

Mais tarde, Caique Ribeiro fez um dos gols mais bonitos do Campeonato Santista até o momento. Em uma cobrança de falta pela direita, o camisa 16 bateu de pé esquerdo com muita força, a bola pegou efeito e só parou no ângulo do gol do Nova União.

Gol do camisa 16 Caique, um dos mais bonitos da competição

Ao decorrer, Carlos Henrique deu um toque por cima da saída do goleiro Manga, mas um jogador do Vila estava atento e conseguiu salvar em cima da linha. Restando dois minutos para encerrar o primeiro tempo, Gabriel em velocidade mostrou habilidade e fez o terceiro do Vila Santista também com um golaço.

Na segunda etapa, Thiago Abreu ganhou jogada, finalizou bem e quase descontou para o Nova União. Na sequência, Rodrigo Rogatto pela esquerda passou para Gabriel que ficou em ótima condição de marcar, mas o goleiro Bruno Mastrogiacomo saiu bem e salvou o lance.

Então, perdendo por 3 a 0 o Nova União passou a jogar com Bruno Mastrogiacomo como goleiro-linha. Porém, a estratégia não deu certo. Após interceptar um passe no campo de defesa, Flávio Alves bateu no alto para o gol vazio do Nova União e fez o quarto do Vila Santista.

Em uma cobrança de falta, Diogo Padron mandou a bola para Giovanni que estava colado ao lado da trave do gol do Vila, mas não conseguiu completar e descontar para o Nova União.

O quinto gol veio em um lance idêntico ao quarto. Flávio Alves antecipou passe, chutou de novo para o gol vazio da própria área e ampliou. Com 10 minutos, Coruja roubou a bola pela esquerda antes do meio da quadra e só tocou mais uma vez para o gol livre do Nova União.

Então aos doze, Carlos Henrique encontrou Diogo Padron que chutou muito forte de fora da área, de frente para o gol e fez para a equipe comandada por Bruno Gonçalves.

O último gol do Vila Santista foi uma ‘doação’ de Coruja para Barroso. O camisa 7 do Vila novamente desarmou a jogada pelo meio, foi carregando para o gol vazio, poderia bater, mas Bruno Mastrogiacomo voltou a tempo para se recompor no gol, então Coruja só rolou para Barroso que tocou de primeira para o fundo das redes e fechou o placar.

Restando um minuto para acabar, Guilherme Vasquez, do Nova União, acabou sendo expulso em lance na lateral direita e será desfalque na próxima partida.

E.C. Nova União

FICHA TÉCNICA

VILA SANTISTA F.C. 1 X 1 E.C. NOVA UNIÃO

Competição: Campeonato Santista
Divisão: Série A
Local: Dondinho, em São Vicente
Data: Quinta-feira, 26 de outubro
Árbitro 1 : Severo Patricio
Árbitro 2 :  Evandro Franco
Mesária :  Vitória Gaba
Representante :  Fábio Lucas

SWD abre o placar, mas Cruzeiro arranca empate no Dondinho

Cruzeiro MSB e SWD empataram por 1 a 1 em jogo válido pela Série A do Campeonato Santista de Futsal. A partida foi realizada na noite desta quinta-feira, dia 26, na quadra do Ginásio Poliesportivo Dondinho, em São Vicente.

Esta foi a estreia do SWD na competição, enquanto o Cruzeiro realizou sua segunda partida. Na estreia, a equipe comandada pelo técnico Nido Campos goleou o Laranja Mecânica por 15 a 0.

Alan buscando o desarme em cima do pivô Fabio do SWD

Em um contra-ataque no início da partida armado pelo camisa 10, Cris, o SWD quase abriu o placar, mas a bola foi na trave. A resposta do Cruzeiro veio em uma cobrança de falta em que Evandro passou para Vini que devolveu para o próprio Evandro bater e levar perigo.

Depois, Felipinho, o menino carretilha, fez um cruzamento para dentro da área, porém Allan Freitas não chegou na bola a tempo de completar para as redes.

Foi com 10 minutos que o placar foi inaugurado. Cris chutou forte da intermediária e fez 1 a 0 para a equipe comandada por Jeferson Nascimento.

O Cruzeiro não abaixou a cabeça e mais uma vez com Felipinho, que encarou a marcação pelo meio chutou no contrapé de Babila, mas que realizou uma excelente defesa e evitou o empate.

Alan em contra ataque, parou na defesa do goleiro Babila

O SWD voltou a criar boa chance com Fábio Magalhães ao receber de Josi, mas o camisa 9 acabou batendo fraco e facilitou a vida de Mychel. Faltando pouco para encerrar o primeiro tempo, Brunão invadiu a área do SWD em jogada individual, foi para o chão, a torcida chegou a pedir pênalti, mas os árbitros mandaram seguir o jogo.

No segundo tempo, Lucho antecipou passe de Gustavo Oliveira no campo de ataque, ficou de cara para o gol, entretanto Jhonny saiu bem na jogada e defendeu para o Cruzeiro.

Com um minuto e 30 segundos, Evandro bateu da entrada da área e deixou tudo igual na partida. Logo depois, quase que o Cruzeiro virou com Gustavo que ganhou passe de Kaue pela esquerda.

A partida teve um lance antológico pela lateral direita em que Adalba aplicou um lindo elástico para cima de Gustavo a ponto do atleta cair no chão, mas na finalização o camisa 11 do SWD bateu para fora.

Brunão tentando desarmar Adalberto

Depois, Fábio Magalhães fez o pivô fora da área, protegeu, girou e bateu, mas Jhonny pegou. Em seguida, Gustavo mostrou visão de jogo, achou Kauê dentro da área que bateu de calcanhar e por pouco não virou para o Cruzeiro com um gol de placa.

O Cruzeiro passou a trabalhar bem a bola com Evandro, Barreto, Kauê e Henrique Candido, chegando a ficar minutos tocando a bola, se movimentando sem finalizar ao gol. Quando bateu, foi com Kauê que recebeu de Henrique, porém ao dominar a bola dentro da área, ela subiu demais, tocou na mão do camisa 20 que ainda chutou para o gol, marcou, porém não foi validado.

O SWD além de ser forte ao atacar, estava mostrando consistência ao defender e em uma jogada de velocidade, Lucho inverteu para Naza que acabou chutando por cima do gol na última grande oportunidade da partida.

FICHA TÉCNICA

SWD 1 X 1 CRUZEIRO MSB

Competição: Campeonato Santista
Divisão: Série A
Local: Dondinho, em São Vicente
Data: Quinta-feira, 26 de outubro
Árbitro 1 : Evandro Franco
Árbitro 2 :  João Luiz Dias
Mesária :  Vitória Gaba
Representante :  Fábio Lucas

 

Nicolas e Caio brilham e São Bernardo goleia a Torcida Jovem Baixada

O São Bernardo não tomou conhecimento e goleou a Torcida Jovem por 7 a 2 em jogo válido pela segunda rodada do Campeonato Santista da Série B. A partida foi realizada na noite desta quinta-feira, dia 26, na quadra do Ginásio Poliesportivo Dondinho, em São Vicente.

Esta foi a segunda vitória do São Bernardo na competição. Na estreia, a equipe comandada por Kaio Felipe bateu o Galatassarada. Enquanto a Torcida Jovem segue sem pontuar, pois na primeira rodada perdeu para o Fronteira.

Caio e Nicolas comemoram gol marcado pelo camisa 9

Com apenas 26 segundos de bola rolando, Caio pela esquerda em uma jogada de extrema velocidade abriu o placar para o São Bernardo. Depois, novamente Caio bateu pela esquerda e no rebote o camisa 10, Henrique, quase ampliou a vantagem.

Caio estava dominando todas ações pelo lado esquerdo da quadra. Em uma cobrança de escanteio, Caio passou para Nicolas que bateu de primeira e fez 2 a 0. Aos nove minutos, foi a vez de Nicolas finalizar e na sobra Caio aproveitar para fazer o terceiro.

Nessa altura do jogo, com 3 a 0 no placar e nove minutos jogados, a equipe da Torcida Jovem ainda não tinha arriscado nenhum chute ao gol adversário. O primeiro lance só foi criado pelo camisa 11, Yan Gangora que não levou muito perigo do meio da quadra.

Pelo lado do São Bernardo, Caio continuou um show individual. No meio da quadra ele encarou a marcação, cortou para o meio e chutou com categoria para fazer o quarto. No lance seguinte, Nicolas que também estava em uma noite especial, contornou a área do adversário e bateu no contrapé do goleiro para fazer 5 a 0.

Caio em jogada pela ala esquerda

Na segunda etapa, a Torcida Jovem voltou mais acordada. Com apenas um minuto, Leonardo chutou forte e descontou. Depois do primeiro gol, o time cresceu e aos cinco minutos, em um contra-ataque Rhudney batalhou pela bola e deu um toque por debaixo do goleiro e fez o segundo.

Porém, a reação parou por aí. Mais uma vez Caio roubou a bola, driblou marcador pela esquerda, soltou o pé e fez o seto. Por fim, Nicolas estava bem colocado dentro da área, recebeu cruzamento e só tocou para o fundo das redes para selar a vitória do São Bernardo.

Rafael Henrique, Rhudney e Leonardo da Silva ainda criaram algumas tentativas para a Torcida Jovem, até mesmo quando tiveram vantagem numérica por dois minutos com  a expulsão de Jonathan Costa, do São Bernardo, ao receber o segundo cartão amarelo, mas não conseguiram diminuir a diferença.

Torcida Jovem Baixada

 

FICHA TÉCNICA

TORCIDA JOVEM 2 X 7 SÃO BERNARDO

Competição: Campeonato Santista
Divisão: Série B
Local: Dondinho, em São Vicente
Data: Quinta-feira, 26 de outubro
Árbitro 1 : João Luiz Dias
Árbitro 2 :  Severo Patricio
Mesária :  Vitória Gaba
Representante :  Fábio Lucas

 

 

Série A – Nova Esperança A.C. vence Verssalles F.C.

Pela série A, o jogo entre Versalles e Nova Esperança foi bem movimentado, na primeira etapa, a equipe do Nova Esperança não deixou o Versalles jogar, com muito mais ofensividade que o adversário, o time de preto abriu o placar no meio do primeiro tempo com João Vitor. Dai em diante o jogo caminhou para um placar mais elástico, bem melhor que o Versalles, o Nova ainda abriu 3×0 antes do fim do primeiro tempo, gols de Gabriel Cesar e João Vitor marcando o seu segundo gol na partida.

O segundo tempo começa e parecia que a história iria se repetir, pois aos 30 segundos, João Vitor marcou mais um gol deixando o placar com 4×0. História que parecia mudar com Davi Santos, que logo depois descontou, tentando colocar o Verssalles no jogo.

Nos momentos seguintes depois do tento, o Verssalles conseguiu igualar mais o jogo, jogando de igual para igual, mas aos seis minutos Richard Anderson fez mais um para o Nova, o quinto gol. A partida então tomou outro rumo, agora com o Verssalles tentando de todas as formas o gol,que conseguiu aos sete minutos com Pedro Mauricio,e o Nova apostando em sair rápido nos erros do adversário.

Mais entrosado, o Nova não deixou o Verssalles ter esperança, pois logo em seguida após sofrer o gol conseguiu marcar mais duas vezes com Gabriel Cesar e por fim Renan Correa. Paulo Augusto ainda fez mais um para o Verssalles no final deixando o placar em 7×3.

 

Versalles F.C.

 

Série B – Skinão bate Independente Futsal com show de Soninho.

O campeonato Santista Série ‘B’ teve mais uma partida domingo 22/10 no Jabaquara-Santos, o jogo foi entre Skinão  Marapé x Independente Futsal. O jogou começou morno, troca de passes do dois lados com uma leve vantagem para o Skinão, que jogava de verde e tinha como sua principal tática a saída de bola com seu camisa 10, o ‘Soninho’. Após perder algumas chances, o Skinão aproveita muito as jogadas individuais de Soninho e do camisa 7, Lucas Riceti, o placar finalmente saiu do zero, e foi com ele mesmo, Lucão fez o primeiro do verdes.

Jogando de branco, o Independente  tentava as jogadas com Gabriel Barroso,10, mas a raça que a defesa adversaria se sobressaia, e aos 15 minutos o craque do time fez o segundo gol, dando números finais a primeira etapa.

Com a saída do branco, o segundo tempo começou da mesma forma que acabara o primeiro, sem muitas chances, o INDEPENDENTE não assustava muito, e o Skinão continuava apostando na habilidade do seu camisa 10, que com boas arrancadas levava bastante perigo. Jogadas que surtiram efeito aos 8 minutos Soninho colocou ainda mais em vantagem seu time, algo que se repetiu logo depois, agora com 12 minutos o jogador do dia fez seu terceiro gol e quarto do Skinão.

Com 4×0 contra e ainda sem incomodar, o Independente adota o goleiro linha para tentar um reação, planos que não deram certo, pois após passe errado, a bola caiu nos pés do dono do jogo, e do seu campo ele mandou para o gol vazio, 5×0 Skinão. Com o placar extenso o time de verde rodou mais seus jogadores, e o Independente aproveitou  diminuiu o placar com dois do seu camisa 9, Carlos Eduardo.

 

Independente Futsal

SUB18 – G.E. Aymoré vence E.C. Nova União de virada na estreia.

A II Copa LIDESAN de Futsal sub18/2017 teve mais um jogo realizado neste domingo 22/10, a partida foi realizada na quadra do Jabaquara pelas equipes E.C. Nova União x G.E. Aymoré. O jogo ja começou com empolgação, logo na saída de bola, a equipe do Nova União, jogando de branco, encontrou uma ótima troca de passes e aos 12 segundos de jogo abriu o placar com o camisa 12, Gustava Barroso.

O time do Aymoré que atuava de vermelho, parecia fora do jogo no começo, com domínio do Nova União nos primeiros minutos, até que aos 4:52 o entrosamento dos meninos começou a fazer efeito, após perfeito contra ataque, a troca de passes envolvente terminou com o gol do camisa número 8 Gabriel Maurício. Não demorou muito e a virada chegou as 5 minutos com o gol de Wellington Ferreira, número 5. Com a virada o jogo pegou fogo, Nova União trabalhava a bola e Aymoré saindo com muita velocidade para o jogo usando bastante o goleiro para essas movimentações. Jogo lá e cá quando Gabriel Moura, o pivô do Nova União aproveitou erro na saída de bola e empatou com um chute forte de esquerda. O jogo continuava rápido e aos 8 minutos Wellington marcou de novo e colocou mais uma vez o Aymoré na frente do placar.

O segundo tempo começou e aos 3 minutos o camisa 5 fez outro gol ampliando o placar para 4×2, com o Aymoré bem melhor em quadra não demorou muito e mais gols saíram dessa vez com Gabriel Maurício, que mais tarde também faria o sexto e sétimo gol, com isso o Aymoré passou a administrar a partida, antes do fim do jogo, Gabriel Moura ainda fez dois gols, diminuindo o placar. Final E.C. Nova União 4×7 G.E Aymoré.

 

 

E.C. Nova União

 

 

 

 

 

Favela da Santista estréia com vitória sobre o Vem Ki Tem

O Favela da Santista estreou no Campeonato Santista da Série A com vitória sobre o Vem Ki Tem, de Praia Grande por 3 a 1, na noite desta terça-feira, dia 17 de outubro, no ginásio CFT Barata/Jabaquara, em Santos. Com este resultado, a equipe do Macuco fica com os mesmos três pontos do Cruzeiro, no grupo A, mas atrás no saldo de gols.

A partida

Com a volta de Evandro Peres ao comando do time alviverde, o Favela da Santista desde o início já foi pra cima do Vem Ki Tem na tentativa de fazer o gol o mais rápido possível.

A primeira boa oportunidade saiu com Tiaguinho pela esquerda que ganhou na velocidade de Neto Soares e chutou cruzado, a bola passou na frente de Sniff que não conseguiu chegar a tempo para empurrar pro gol.

O Vem Ki Tem conseguiu responder após passe de André para Robson pela direita chutar forte e Cícero reestreando com a camisa do Favela da santista fez boa defesa.

Mas depois disso, o Favela, empurrado pela Torcida Máfia Verde e pelas Faveletes que fizeram uma bonita festa com bexigas e cantando sem parar, partiu para cima do time da Praia Grande.

Tiaguinho cobrou escanteio pelo lado direito e Ítalo pegou muito bem na bola que tinha endereço certo mas acabou parando na boa defesa do goleiro Tiago Vieira, do Vem Ki Tem.

Mais uma vez o Favela da Santista no ataque, agora com Baiano em jogada individual, ele se livrou de dois marcadores, levou a bola para a direita do ataque e chutou forte, Tiago Vieira mais uma vez como um muro fez a defesa e evitou o gol.

Só dava Favela, que era todo pressão, em outra chance Tiaguinho desarmou o jogador do Vem Ki Tem no meio da quadra, partiu com liberdade em direção ao gol e chutou ainda fora da área, a bola passou a esquerda do gol, desperdiçando grande oportunidade.

Até que aos 11’40 finalmente saiu o gol do time de Evandro Peres. Reni interceptou chute de Neto Soares e partiu rápido no contra ataque, tocou para Baiano pela esquerda e recebeu de volta na área para completar e fazer 1 a 0, para festa da torcida.

E o time do Macuco queria mais, troca de passes no ataque e Reni ajeitou bonito para Ítalo finalizar com um chute rasteiro de fora da área e o goleiro Tiago Vieira com a ponta dos dedos colocou pra fora.

Na cobrança de escanteio, Cabelo, outro estreante, tocou para Ítalo que chutou de fora da área com muito estilo e Reni dentro da área mostrou oportunismo e só desviou para o fundo das redes, 2 a 0 Favela.

No final da primeira etapa, quase o Vem Ki Tem desconta, Jonnatann pelo lado esquerdo deu ótimo passe para Natan na área finalizar e Cícero com o pé fez um milagre, salvando o time de levar o gol em um momento importante do jogo.

Veio o segundo tempo, e as equipes pareciam muito desgastadas pelo ritmo intenso da primeira etapa. Muito erros de passes e de finalizações, fizeram com que o jogo virasse um perde e ganha de bolas na intermediária.

Só com 06’30 de bola rolando, o Vem Ki Tem quase marca em um chute de longe de Renan que só não entrou porque Cícero esticou a perna direita e conseguiu colocar a bola pra fora.

O Favela da Santista teve também uma boa chance, após troca de passes Baiano pela direita ajeitou para Ítalo soltar a bomba e Tiago Vieira pulou em seu canto direito para dar um tapinha na bola e salvar o Vem Ki Tem.

Aos 9 minutos, susto para o Favela da Santista. Renan na entrada da área ajeitou para Neto Soares que pisou na bola e chutou forte no ângulo direito de Cícero que dessa vez nada pôde fazer, um golaço para o Vem Ki Tem botar fogo no jogo.

O jogo ficou lá e cá, com boas oportunidades dos dois lados, mas os goleiros Cícero, do Favela da Santista e Tiago Vieira, do Vem Ki Tem, mostrando estar em grande fase e salvando suas equipes.

O Vem Ki Tem teve uma grande chance quando Natan saiu rápido em um contra ataque e tocou para Renan pela esquerda finalizar na saída de Cícero, a bola passou pelo goleiro e estava entrando quando Victor se jogou na bola em cima da linha e salvou o que seria o empate do time de Praia Grande.

Querendo buscar ao menos o empate, o Vem Ki Tem resolveu colocar André como goleiro linha. Mas a estratégia não deu certo, após uma perda de bola no ataque ela caiu nos pés de Cabelo que chutou da própria quadra e colocou na rede, 3 a 1 Favela da Santista para alívio dos companheiros de time, comissão técnica e principalmente da torcida.

Após o gol, o Vem Ki Tem ainda manteve o goleiro linha, mas a equipe do Macuco soube se segurar bem e só esperou o tempo passar para começar muito bem a competição e já somar três pontos importantes na busca pela classificação.

Além de Favela da Santista e Vem Ki Tem, o grupo A conta ainda com: Cruzeiro do Morro do São Bento, Laranja Mecânica, Clube 2004/Sindipetro, Skina da Walt Disney e Coleta. Apenas quatro equipes avançam para a fase de quartas de final.

FICHA TÉCNICA

FAVELA DA SANTISTA F.C. 3 X 1 VEM KI TEM

Competição: Campeonato Santista Série A
Jogo: 1ª Fase
Categoria: Principal
Data: Terça-feira, 17 de outubro
Local: CFT Barata/Jabaquara, em Santos
Arbitragem: João Chorão e Luiz Campos
Gols: FAVELA DA SANTISTA: Reni (2) e Cabelo; VEM KI TEM: Neto Soares.

FAVELA DA SANTISTA – Cícero, Tiaguinho, Reni, Ítalo, Baiano, Sniff, Barata, Dieguinho, Bruno Aguiar, Babu, Lucas Grangeiro, Victor e Cabelo.
Técnico: Evandro Peres

VEM KI TEM – Tiago Vieira, André, Neto Soares, Jonnatann, Daniel Lapetina, Robson, Renan e Natan.

Favela da Santista F.C.

Fonte: Passou Por Dois

Fronteira faz 5 a 0 na Torcida Jovem, na estréia das equipes na Série B

A segunda partida da Primeira rodada de abertura do Campeonato Santista Série B, foi entre Fronteira F.C. e Torcida Jovem Baixada, a equipe do Fronteira saiu com a vitória. A partida foi realizada no CFT Barata Futsal/Jabaquara em Santos.

O JOGO

Com um time repleto de atletas que já figuraram em grandes equipes do futsal da baixada nas categorias de base e no principal, o Fronteira venceu a novata em competições da Lidesan, a equipe da Torcida Jovem Baixada não conseguiu segurar os meninos do Fronteira.

A partida começou com o Fronteira criando as melhores chances, a Torcida Jovem mal teve tempo de chegar ao gol e com apenas 3’00 minutos o Fronteira abriu o placar após Kaio receber a bola pela direita e dar um passe para Lucas Martins livre na área que só teve o trabalho de completar e fazer 0 a 1. O Fronteira não parava de atacar, Kaio desarmou Leandro, partiu em velocidade e ao entrar na área chutou mas a bola acabou passando a direita do gol com muito perigo, assustando a galera da Torcida Jovem que cantava sem parar. Aos 13’00 o Fronteira ampliou o marcador, em jogada iniciada por Richard, que achou Kaio dentro da área, com muita tranquilidade o camisa 10 do Fronteira bateu na saída do goleiro Bruno Dovique, fazendo 0 a 2.


Na segunda etapa, o cenário seguia o mesmo, o Fronteira atacava e ficava com a posse de bola, enquanto a Torcida Jovem buscava diminuir a vantagem criando contra ataques, mas os passes não encaixavam, no primeiro minuto Kaio deixou Lucas Martins na cara do gol e o camisa 9 tirou muito do goleiro perdendo a chance de aumentar a vantagem. E o camisa 9 se redimiu, em jogada individual do fundo da quadra conseguiu achar Kleytinho, que chegou batendo de primeira sem chances para o goleiro Bruno Dovique, 0 a 3. Em outra oportunidade, o Fronteira por muito pouco não fez o quarto gol. Kaio em um contra ataque, driblou o goleiro Bruno e chutou, mas ele não esperava que Barata chegasse a tempo e salvasse em cima da linha.


A Torcida Jovem Baixada começou a se soltar em quadra e levar um pouco de perigo ao Fronteira. Leonardo era quem mais procurava o jogo e arriscava de fora da área, com um chute cruzado da esquerda que fez o goleiro Fialho trabalhar pela primeira vez fazendo boa defesa, evitando o gol da Torcida Jovem. Logo após quase diminuir a vantagem, novamente Leonardo arriscou de fora da área, o goleiro Fialho mostrou reflexo e fez grande defesa, evitando o gol. Com certa facilidade, aos 11’58, Arantes carregou a bola pelo meio e soltou uma bomba, fazendo o quarto gol do Fronteira, 0 a 4. E o Fronteira deu números finais a partida, Arantes deixou Kaio tranquilo para finalizar e fazer o seu segundo gol na partida, selando a vitória do Fronteira, 0 a 5.

Torcida Jovem Baixada

Fotos: Blog Passou Por Dois